terça-feira, 14 de junho de 2011

ANSIOSA...quem nao e?

Nossa! Eu sou um poço de ansiedade. Sou daquelas como o peru de festa, morre de vésperas.
No início dos sintomas, era tudo muito bom. Aquele friozinho na barriga nos momentos que antecediam uma prova, um encontro, uma entrevista...Mas com o tempo e a idade a gente vai piorando. Passei a sofrer com antecedência as contas do final do mês, as notas baixas do filhote no final do semestre, um futuro desemprego do marido, uma provável doença de mãe...e se a gente for fazer lista, fica muito da grande, visse?
Agora, além de ansiosa, ando muito impaciente. Até o som do telefone me irrita. Som de carro, pessoas falando ao mesmo tempo, pessoa insistente...e o que fazer?
Sei que a gente precisa relaxar, até porque isso dificulta a perda de peso, TAMBÉM. Mas quem é ansiosa(o), sabe o quanto é difícil controlar esse impulso.
Há momentos que pensamos que vamos morrer sem ar. Pareço um búfalo, soprando.
Abaixo, transcrevo uma matéria, no site da Boa Forma, com 4 passos para dominar a ansiedade:
  

Acabe com o “E se...”

"...Num momento de crise, a ansiosa começa a pensar: “E se eu perder o meu emprego? E se eu não conseguir pagar o aluguel? E se eu for despejada?” Perceba: sempre que há um pensamento ansioso, capaz de alimentar sua mente com possibilidades assustadoras (e pouco prováveis de acontecer), a frase começa com e se... Nessa conversa interna, você superestima as consequências de um problema ao mesmo tempo em que subestima a sua capacidade de lidar com ele. “É preciso reconhecer o perigo do discurso ‘e se’ para reassumir o controle da situação. Esse é o primeiro passo”, diz o psicólogo americano Edmund Bourne..."

Respire certo

"...Quando você está ansiosa, respira mais rapidamente, com a parte de cima dos pulmões, de modo curto. Isso não acontece só durante uma crise de ansiedade, mas quando você anda preocupada demais. O problema é que, respirando assim, dificilmente consegue relaxar. “Exercícios de respiração são importantes porque é impossível acalmar os pensamentos com a respiração descontrolada”, diz a psicóloga Mariângela Savóia..."

Seja flexível

"...Resiliência é uma palavra que está na moda, mas que nem todo mundo sabe o que quer dizer. É um misto de resistência e flexibilidade. Pense em um bambu no vendaval. Ele quase encosta no chão (flexibilidade), mas não quebra (resistência). E depois que o vento passa, volta para o lugar. “Ser resiliente é lidar bem com as adversidades do dia-a-dia. Você consegue fazer isso olhando para o fato em si, sem se ater ou se deixar levar pela emoção que ele causa”, diz a psicóloga Mariângela..."

Controle sua expectativa

"...Diminua a expectativa que você mesma coloca sobre os seus ombros de ser sempre mais e melhor. “A necessidade de ser perfeita em tudo gera muita ansiedade”, fala Leonardo..."

PS: Esses são pequenos trechos da matéria. Leia matéria completa no site da Boa Forma.
Abços

Um comentário:

  1. Amei a matéria..
    Muito obrigada pelo link do site..
    Bjos

    ResponderExcluir

Querido visitante,muito obrigada por visitar meu blog!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...